Sua ajuda é de suma importância para que possamos cumprir os objetivos da APAR abaixo especificados.

Doações em dinheiro através da seguinte conta corrente:

- Caixa Econômica Federal – Banco 104 – Agência 0996 – Conta 1500-9 Operação 003

- Boleto Bancário: – entrar em contato com o escritório da APAR fone (62) 3093-5364

Fundada em 20/12/1982, a APAR não é uma entidade religiosa. É uma Organização Não Governamental (ONG) de assistência e portanto ecumênica. Todos os fundadores, diretores e colaboradores (estatutariamente) não são e nem poderão ser remunerados, o trabalho é absolutamente voluntário.

FINALIDADE: propor ao reeducando assistência Cristã, buscando reformulação em sua maneira de pensar e agir em relação à sua pessoa (o que chamamos de “reforma íntima”). Posteriormente em relação ao seu próximo e à sociedade em geral. Buscando assim sua verdadeira “regeneração espiritual”.

FORMAS DE ATUAÇÃO: verificando o cumprimento da lei também no que tange aos direitos humanos, buscando condições de tratamento digno e humanitário, no campo material, psicológico e principalmente moral. Buscando estender estes direitos aos familiares do reeducando.

DINÂMICAS E ATIVIDADES GERAIS DOS GRUPOS NO AMBIENTE PRISIONAL

OBJETIVO GERAL: resgatar, na pessoa do reeducando(a) , a consciência do ser humano integral possível de ser reinserido socialmente, com base nos princípios Cristãos interpretados à luz da doutrina Espírita.

- OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

resgatar ou desenvolver a dignidade dos reeducandos(as) buscando o “despertar da consciência” através de leituras reflexivas, discussões, análises, dinâmicas de grupo, trabalhos manuais, etc… Amenizar as dores, principalmente morais, decorrentes do desajuste social. Entender a família, na qual Deus nos situou, como a primeira escola de aprendizagem social. Desenvolver atividades que permitam aos reeducandos(as) despertar sentimentos como auto-estima, tolerância, perdão, respeito aos semelhantes, etc…

Prover, dentro das possibilidades do grupo, ações socorristas junto às famílias dos reeducandos(as).
Facilitar o resgate da individualidade enquanto ser social e espiritual.
Propor ações de resgate da cidadania através do incentivo ao estudo e ao trabalho.
Auxiliar, dentro das possibilidades, os tratamentos médicos e dentários quando sua solução não for viável dentro do complexo prisional.
Acompanhar, em casos especiais, os processos jurídicos envolvendo os reeducandos(as).
Proporcionar momentos de confraternização durante os lanches comunitários.

- ATIVIDADES DESENVOLVIDAS EXTRA-PRESÍDIO:

  • Visitas a alguns familiares com doações de cesta básica e material escolar.
  • Acompanhamento de processo.
  • Encaminhamento médico.
  • Momentos de oração direcionado ao complexo prisional

No related posts.

Posts relacionados trazidos a você pelo Yet Another Related Posts Plugin.